Postagens populares

Lua Cheia

Já na floresta a lua apontou no céu.
Rumor das águas aproximava violentamente.
Serpenteando por todos os lados.
Há pânico.
Arrastava tudo que encontrava pela frente.
Abraçando as árvores sem piedade.
Sua chegada era tão anônima quanto a sua rapidez.
Passou aqui levando o mundo na suas costas.
Que atrás disso espreitava o seu momento.

4 comentários:

Rita Costa disse...

Muito bom! Gostei de seus textos.
Parabéns!
Vim também além de apreciar sua escrita, agradecer seu comentári em meu blog "Alma de Poesia". Volte sempre viu.:)

Tudo de bom pra vc! Um abraço.

Claudia Perotti disse...

Luciano,

Gostei muito do seu blog, foi uma grande surpresa.

Beijinhossssssssss

fgiucich disse...

Gracias por visitar mi casa y dejar tus comentarios. Volveré. Saludos.

Griselle disse...

GRACIAS POR TU VISITA A MI ESPACIO. POR AQUI LEYENDO ALGO DEL TUYO, QUE AUNQUE NO LO ENTIENDO TODO, SI LOGRO ENTENDER BASTANTE. ADORO TU IDIOMA, ME GUSTARIA APRENDER MAS.